Quem inventou a Seringa?

Ela foi imaginada no século XV pelo italiano Gattinara, mas o primeiro a criar uma foi Francis Rynd, um médico irlandês que, em -criou um dispositivo construído em aço e marfim, composto por uma cânula, que terminava por uma agulha oca e um trocater. Uma vez inserido na pele, o trocater era retirado e a medicação colocada na cânula. A grande contribuição de Rynd foi a agulha oca que permitia a passagem das substâncias e em 1853 o cirurgião ortopédico francês Charles Pravaz. aprimorou a invenção, deixando mais prática, de metal, com êmbolo, que era operado por um sistema de parafusos, que permitiam o controle do volume da substância a ser injetada. A agulha oca era afixada na extremidade da seringa. Logo a novidade foi incorporada ao arsenal terapêutico dos médicos brasileiros. Numa publicação dos Annaes Brasilienses de Medicina de 1873, o Dr. Carlos Eboli, relata que a injeção de solução de morfina no tecido celular subcutâneo com a seringa de Pravaz faz “cessar instantaneamente qualquer dor nevrálgica a mais violenta.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.