5 Inovações automobilísticas impulsionadas pela exploração espacial

1- Os padrões ajudaram a projetar assentos de carro confortáveis.

Menos motoristas na estrada podem estar reclamando de assentos desconfortáveis. Quando os astronautas estavam a bordo da primeira estação espacial, foi estudado a postura que os astronautas naturalmente assumiram em microgravidade.

SkyLab
Primeira estação espacial, SkyLab

A pesquisa inicial e os estudos subsequentes ajudaram a projetar tudo, desde as áreas de trabalho da Estação Espacial Internacional até o interior da espaçonave Orion e novos assentos confortáveis em veículos na Terra.

A Nissan Motor Company recorreu à pesquisa como ponto de partida para o desenvolvimento de um novo assento de motorista. Como um astronauta, o motorista de um carro precisa estar seguro e confortável para operar o veículo com eficiência por longos períodos.

A postura corporal neutra mostrada aqui foi criada a partir de medições de 12 pessoas a bordo da Skylab.

Após anos de pesquisa ao longo do início de 2000 e resultados positivos, o fabricante de automóveis estreou o assento no Altima 2013. Hoje, o design está em vários modelos da Nissan.

Altima 2013
A empresa usou pela primeira vez o designno assento do motorista do Altima 2013.

Mais detalhes: https://spinoff.nasa.gov/Spinoff2013/t_4.html

2- Os sensores de pneus da nave espacial avisam os motoristas sobre pneus furados.

A pressão adequada dos pneus era crucial para um pouso seguro do ônibus espacial na Terra, mas nos primeiros dias do programa, não havia uma boa maneira de medir a pressão em voo com precisão. Entre outras soluções exploradas, a agência contratou uma empresa para construir um sensor de pressão dos pneus para o ônibus espacial.

ônibus espacial

A tecnologia converte pressão em resistência elétrica e gera leituras em tempo real. Depois que a empresa entregou o dispositivo, eles adaptaram o sensor para carros. Hoje, a lei dos EUA exige um medidor de pressão em cada pneu de carro.

Mais detalhes: https://spinoff.nasa.gov/Spinoff2019/t_2.html#:~:text=But%20even%20before%20that%2C%20NASA,there%20were%20no%20ugly%20surprises.

3- Uma pesquisa trouxe uma nova aplicação da nanotecnologia, reparando danos nos motores em carros e caminhões.

O atrito causa desgaste nos componentes das naves espaciais – e nos motores dos carros também. Lubrificantes que reduzem o atrito só atrasam e minimizam esses danos inevitáveis. A NASA estava interessada em materiais que pudessem restaurar as peças danificadas a uma condição semelhante a novas sem substituí-las, e financiou pesquisas para o uso de nanotecnologia.

Nanopartículas de um lubrificante de motor de carro vistas ao microscópio eletrônico. O lado pegajoso das partículas acumula camadas até que não haja mais atrito.

O objetivo era usar um lubrificante líquido existente para transportar nanopartículas até o ponto de fricção para preencher pequenas rachaduras ou pontos desgastados. Além de manter as peças em bom estado de conservação, esse lubrificante pode estender a vida útil dos sistemas. A pesquisa inicial identificou que o melhor material – um tipo de cerâmica – era eficaz, durável e não tóxico. Qualificar a tecnologia em estágio inicial para uso no espaço não era prático, mas a pesquisa e o desenvolvimento continuaram no setor privado. Hoje, dezenas de milhares de carros e caminhões usam a fórmula para manter as peças do motor em bom estado.

O produto TriboTEX pode ser adicionado pelo consumidor diretamente a um motor aquecido. A partir daí, começa a reparar os danos ao longo do tempo.

Mais detalhes: https://spinoff.nasa.gov/Spinoff2020/cg_4.html

4- A tecnologia protege os pilotos de carros de corrida contra calor extremo e dores de cabeça.

Com base nos materiais usados para proteger o ônibus espacial das temperaturas experimentadas quando as naves voltaram à atmosfera da Terra (e enfrentaram temperaturas de até 1600 graus Celsius), uma empresa criou kits de isolamento de manta para proteger os pilotos de carros de corrida da exposição excessiva ao calor.

Outro subproduto das corridas são os vapores de combustão que podem causar dores de cabeça, náuseas e tonturas. Os engenheiros de corrida adaptaram uma tecnologia espacial para criar um filtro que remove 99% de todas as partículas transportadas pelo ar. O filtro fornece aos motoristas ar fresco e limpo.

Mais detalhes: https://spinoff.nasa.gov/spinoff1997/t10.html

5- As tecnologias espaciais podem ajudar os carros autônomos a navegar nas estradas.

Assim como os módulos lunares robóticos e os rovers de Marte precisam de “olhos” para guiá-los com segurança em torno das rochas e fendas de terreno desconhecido, um carro autônomo deve navegar com segurança por obstáculos imprevistos.

Psionic Navigational Doppler Lidar
O sistema Psionic Navigational Doppler Lidar está sendo customizados para uso em carros, aviões e veículos espaciais comerciais. Eles já são menores e mais poderosos do que o sistema desenvolvido para pousos planetários
O Psionic Navigational Doppler Lidar fornece dados a um computador de bordo que, quando combinados com as informações das câmeras, possibilitam a identificação de edifícios, pessoas e outros veículos. Ele também pode detectar movimento, junto com a direção e velocidade de um objeto. Imagem cortesia de Erik Drost, CC BY 2.0

As tecnologias espaciais – lasers para pousar na Lua e inteligência artificial para navegar em outros mundos – estão ajudando a tornar os carros autônomos na Terra mais seguros. Os sistemas podem revolucionar a forma como os carros navegam no trânsito da e evitam colisões.

Esta captura de tela mostra a visão de um carro que dirige sozinho quando alimentado pelo software Neurala. O veículo pode identificar automaticamente pedestres, carros, ciclistas, caminhões e muito mais em uma rua de Boston em tempo real.

Mais detalhes: https://spinoff.nasa.gov/Spinoff2018/it_1.html

https://spinoff.nasa.gov/Spinoff2020/t_8.html

Fonte: https://www.nasa.gov/directorates/spacetech/techtransfer/5_Auto_Innovations_Driven_by_NASA

Mais produtos criados pela exploração espacial: https://cienciadoamanha.com/2017/10/21/produtos-que-vieram-da-exploracao-espacial/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.