Ciência do Amanhã

A ciência avança com mais ciência

História do Cubo Mágico (Cubo de Rubik)

Clique aqui para ouvir o texto

O primeiro a desenvolver algo parecido foi William O Gustafson, que inventou, em 1960, um quebra-cabeça tridimensional, com várias cores que são móveis umas em relação às outras.
Um dos objetivos é embaralhar e reorganizar.

William O Gustafson

Depois, em março de 1970, Larry D. Nichols inventou um 2×2×2 “Quebra-cabeça e método de formação de padrões com peças rotativas em grupos” e apresentou um pedido de patente para ele. O cubo de Nichols era unido por ímãs. Nichols recebeu a patente US 3.655.201 em 11 de abril de 1972, dois anos antes de Rubik inventar seu cubo.

Larry D. Nichols

Então, em 1974, o arquiteto húngaro chamado Ernő Rubik ficou obcecado em encontrar uma maneira de modelar o movimento tridimensional para seus alunos. Depois de passar meses mexendo com blocos de cubos – feitos de madeira e papel, presos por elásticos, cola e clipes de papel – ele finalmente criou algo que chamou de “Bűvös kocka”, ou Cubo Mágico.

Depois de criar o cubo, explicou, ele se deparou com um segundo desafio: como resolvê-lo, já que o cubo tem 43.252.003.274.489.856.000 de combinações possíveis. Na época, ele não tinha ideia se seu cubo poderia ser colocado de volta no lugar, muito menos com que rapidez – e levou um mês inteiro para resolver seu próprio quebra-cabeça. Era terrivelmente difícil “encontrar o caminho de volta, ou encontrar seu alvo – apenas para resolvê-lo como um problema combinatório”, disse ele. “E eu não tinha nenhuma base para isso, porque fui o primeiro a tentar”.

Rubik inicialmente acreditava que o cubo atrairia pessoas com formação em ciências, matemática ou engenharia – e ficou chocado quando “encontrou pessoas que ninguém jamais pensou que poderiam ser atraídas por ele”, escreve ele.

cubo de rubik

Em 1980, o Cubo de Rubik foi comercializado em todo o mundo, e mais de 100 milhões de unidades autorizadas, com cerca de 50 milhões de imitações não autorizadas, foram vendidas, principalmente durante seus três anos subsequentes de popularidade.

Clique no vídeo para ouvir o texto:

Fontes: https://patents.google.com/patent/US3081089

https://patents.google.com/patent/US3655201

https://www.depauw.edu/news-media/latest-news/details/31162/

https://www.smithsonianmag.com/innovation/brief-history-rubiks-cube-180975911/

https://cjme.springeropen.com/articles/10.1186/s10033-018-0269-7

https://www.britannica.com/biography/Erno-Rubik

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: