História da Internet

1-A Verdadeira História da Internet
2-Nerdologia

história da internet
Equipe da empresa BBN Tecnologies, que desenvolveu o servidor IMP, o que tornou possível o funcionamento da Arpanet

A internet, ou rede mundial de computadores começou com a agência do Departamento de Defesa dos EUA chamada ARPA (Advanced Research and Projects Agency) e financiado pela Nasa e pelo Pentágono durante a Guerra Fria. Ela queria garantir que a comunicação continuaria funcionando mesmo em um ambiente de guerra. Com a ajuda de cientistas, a ARPA começou a transformar esse projeto em realidade em 1962. A ideia era uma rede em que todos os pontos são iguais e não tem um controle principal, uma rede em que os dados se movessem buscando o melhor caminho, podendo “esperar” caso todas as vias estivessem com problemas. Assim, se B deixa de funcionar, A e C continuam a poder se comunicar. Essa tecnologia foi chamada de packet switching (troca de pacotes ou chaveamento de pacotes). Então, surgiu o protótipo da internet, a “Arpanet“.

Para realizar o primeiro experimento com a rede foram escolhidas quatro Universidades que seriam conectadas em janeiro de 1969 na rede computacional ARPANET. Eram elas, a Universidade da Califórnia em Los Angeles, o Stanford Research Institute, a Universidade da Califórnia em Santa Bárbara e a Universidade de Utah.

história da internetNo mesmo ano aconteceu o que pode ser considerado o primeiro e-mail da história. Foi enviado por Leonard Kleinrock  da Universidade de Los Angeles até o computador de Douglas Engelbart do instituto em Stanford. A mensagem foi “LO”. Deveria ser “LOGIN”, mas o sistema do computador de Stanford foi abaixo antes da mensagem terminar. Outros consideram que foi o engenheiro de computação, Ray Tomlinson, da BBN, em 1971 que desenvolveu o primeiro programa para enviar e-mails e criou o arroba ou @, separando o nome do usuário, do nome do computador. Tomlinson mandou uma mensagem para ele mesmo, com algo sem sentido, como “teste 1-2-3-4” ou uma mistura de letras aleatória.

Em 1970 é criado o Network Control Protocol (NCP), o antecessor do TCP, deixando a comunicação mais fácil.

O primeiro vírus foi inventado em 1971,  por Bob Thomas chamado The Creeper. Ele só mostrou a frase: “I’m the creeper, catch me if you can!” . Então, um tempo depois, foi gerado o primeiro antivírus chamado The Reaper, que a única função dele era destruir o The Creeper. Na época, os vírus não tinham sido feitos para roubar informações ou causar danos, só para encher a paciência dos usuários.
história da internet

Em 1984, Fred Cohen apresentou um paper (artigo científico), chamado Experiments With Computer Viruses, então surgiu o termo “Vírus de computador”.

Em março de 1972 o nome da ARPA é modificado para DARPA (Defense Advanced Research Projects Agency), mas em fevereiro de 1993 o presidente Bill Clinton falou para voltar para o nome ARPA. Reassumiu em fevereiro de 1996, o nome DARPA.

Em outubro de 1972, na International Conference on Computer Communication –  Conferência Internacional de Comunicação entre Computadores – , em Washington, foi feita a primeira demonstração pública da ARPANET.

Em 1973, Robert Kahnet e Vint Cerif desenvolveram o protocolo TCP/IP(Transmission Control Protocol, que adiciona funcionalidades/Internet Protocol, o que faz a comunicação). Esse protocolo é a “linguagem” em comum entre todos os computadores para que consigam se comunicar, por exemplo, mandar um e-mail. Toda máquina ligada a internet e todos os sites já tinham um endereço IP único para que pudessem ser localizados.  Foi a primeira vez que o termo “internet” foi usado.

história da internet
Robert Kahnet e Vint Cerif

Criada por dois estudantes da Duke University, Tom Truscott e Jim Ellis em 1979, a Usenet (Users Network) tiveram a ideia de ligar dois de computadores dessa universidade e da University of North Carolina (com a ajuda de Steve Bellovin) para troca de mensagens (como um fórum) sobre o sistema UNIX.

Em 1983 a ARPANET foi dividida em MILNET, para aplicações militares e a ARPANET, para pesquisa e desenvolvimento.

O DNS foi criado por Paul Mockapetris em 1984 (Domain Name System ou Sistema de Nomes e Domínios), pois precisavam “traduzir” os números IP, por exemplo, 192.0.78.25, para versões mais fáceis de serem memorizadas por humanos, tal como, brainly.com. Sem o DNS seria como um lista telefônica.

Em 1985 a National Science Foundation (NSF) estava procurando um jeito de dividir o acesso para seus cinco centros nacionais de supercomputadores. Utilizando os protocolos da ARPANET, a NSF conseguiu conectar os cinco centros e formar o backbone (“espinha dorsal” ou “rede de transporte”. É uma rede principal por onde os dados dos clientes da internet passam)  NSFNET.

O cientista Tim Berners-Lee, do laboratório CERN  – Conselho Europeu para a Pesquisa Nuclear – criou a Word Wide Web ou WWW (Rede Mundial de Computadores) em 1989, tornando possível o uso de uma conexão gráfica e a criação de sites melhores e, por isso, a década de 90 ficou conhecida como o “boom da internet”, ou seja, quando ela ficou famosa.

Web não é sinônimo de Internet. A World Wide Web, WWW, W3, Web, chame como quiser, é um serviço que funciona na Internet. Um dos.vários que, talvez sem se dar conta, você utiliza em paralelo no dia a dia: e-mail, apps, Netflix, YouTube, BitTorrent… A bem da verdade, em termos de ocupação, ou tráfego que rola na Internet, a web sequer ocupa a primeira posição. A Web é um sistema de documentos conectados por links, o hipertexto, que se acessa via Internet. O acesso pelos usuários se dá, geralmente, através de programas especializados, os navegadores, e sua estrutura se baseia na relação cliente-servidor. Na prática, quando você (cliente) entra em uma página (URL/URI), o faz a um computador remoto quase sempre mais poderoso (servidor) que processa o pedido e o retorna para você.A confusão se dá pela “cara” e finalidade que a web tem, bem definidos, ao passo em que outras aplicações que também rodam na Internet nem sempre se apresentam de uma forma tão óbvia, ou delineada. Tratar as duas coisas como iguais, embora compreensível, continua sendo errado.
Diz Manual do Usuário

Em 1990 a ARPANET foi desativado e em seu lugar entrou o backbone Defense Research Internet (DRI).

A partir de 1993 a internet deixou de ser uma instituição de natureza apenas acadêmica e passou a ser explorada comercialmente, tanto para a construção de novos backbones por empresas privadas (PSI, UUnet, Sprint,…), como para fornecimento de serviços diversos.
Diz Brasil ESCOLA

O protocolo HTTP ou Hypertext Transfer Protocol (Protocolo de Transferência de Hipertexto) está sendo usado pela WWW desde 1990 e serve para a transferência de páginas HTML – abreviação de HyperText Markup Language, que significa Linguagem de Marcação de Hipertexto – do computador para a Internet, por isso, os endereços dos websites utilizam no início a expressãohistória da internet http://.

A empresa norte-americana Netscape Communication inventou o protocolo HTTPS (HyperText Transfer Protocol Secure) em 1994 para seu navegador Netscape, que é um protocolo de envio de dados, igual o http://, mas esses dados são criptografados, aumentando a segurança, como o nosso blog: https://cienciadoamanha.com/

Orientação: Paulo Lacerda.

Importante: Por favor, vídeo que estiver com problema deixe um comentário nos avisando e lembre-se de sempre acessar a categoria de seu interesse na barra lateral.

A Verdadeira História da Internet:
A Guerra dos Navegadores:

A Pesquisa:



A Bolha:

O Poder das Pessoas:

Nerdologia:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s