Produtos que vieram da exploração espacial

Produtos de 2016: https://spinoff.nasa.gov/Spinoff2016/pdf/Spinoff2016.pdf

Produtos desde 1976: https://spinoff.nasa.gov/

Anúncios

Os primeiros mangás e animes

A origem dos mangás data de muitos séculos, por volta de 1100, quando era comum usar gravuras para retratar situações humorísticas. Esse período, que alguns estudiosos classificam como “pré-mangá”, trazia caricaturas politicas e sociais da época.

O formato mangá começa a surgir com as gravuras ukiyo-e, no século 17, que já continham elementos como falas e pensamentos. O termo surgiu em 1814, inventado por Katsushika Hokusai, e se referia a um tipo de desenho mais solto, caricaturizado. Mas o mangá como é conhecido teve suas características introduzidas por Osamu Tezuka.

Já o primeiro anime é de 1907. Trata-se de um desenho de apenas três segundos, bem rudimentar, de um garoto escrevendo em uma lousa. Outros trabalhos posteriores podem ser considerados históricos, como Namakura Gatana, um curta-metragem de comédia de dois minutos de duração produzido em 1917.

No entanto, a julgar pelo conceito moderno de anime, o primeiro foi Hakujaden, de 1958, baseado numa lenda chinesa de uma serpente branca. Já a primeira série para televisão foi Otogi Manga Calendar, em 1961, que apresentava curiosidades históricas em três minutos.

Por fim, coube a Astro Boy, de Osama Tezuka, a honra de ser o primeiro anime em formato seriado, que se tornou tão comum não só no Japão, mas no mundo inteiro.

Fonte: Mundo Estranho

Qual o registro escrito mais antigo?

Não se sabe exatamente qual foi, muitos foram destruídos pelo tempo, então não se sabe se são desenhos ou escrita. Os que foram encontrados inteiros são contagens de gado gravadas em tábuas de argila (um instrumento pontiagudo de forma triangular , com aproximadamente 3.200 a.C, pressionava o argila), mas nem todos concordam. Outros acham que a escrita surgiu no Egito, já que tem registros perto de 3.400 a.C. E pessoas que acreditam que veio do Paquistão, com registros de 3.300 a.C . O complicado é determinar o que é desenho e o que é escrita.

-o-registro-escrito-mais-antigo

 

De onde vem o HAMBURGUER?

Você sabe o País de origem do hamburger? Vem da Alemanha, de uma cidade chamada Hamburgo. No século IX, para aumentar a quantidade de comida, principalmente da carne, era feito um picadinho e juntavam temperos diversos, pão amanhecido, etc. fazia-se pequenos hamburger , eram fritos na chapa e comiam no meio do pão. Depois de algum tempo alguém levou a receita para os Estados Unidos, e todos acham que o hamburger é americano, mas mero engano seu, ele é alemão.

Cratera de Darvaz

A Cratera de Darvaz (tem esse nome por estar perto de uma vila chamada Darvaz) é uma caverna que desabou no deserto de Karakum, Turcomenistão. A causa das chamas é porquê está cheia de gás natural. O local foi descoberto em 1971 por engenheiros União Soviética pensando que poderia ser um campo de petróleo. Então , eles montaram um projeto de perfuração para saber a quantidade de gás e petróleo. Depois, eles começaram a armazenar o gás. Mas, enquanto escavavam, descobriram uma caverna subterrânea, repleta de gás tóxico. A caverna acabou cedendo abrindo uma grande cratera ( com 70 metros de diâmetro e 20 metros de profundidade) que engoliu os equipamentos, eles não tinham como prender o gás, então decidiram incendiar (colocando fogo, causaria menos danos ambientais), mas o fogo nunca mais apagou.Cratera de Darvaz

Tsar Bomba

Bombas nuclearesA Tsar Bomba foi uma bomba atômica criada pelos Russos. Ela foi lançada em 30 de outubro de 1961 no Círculo Polar Ártico, essa explosão foi tão grande que marcou 5 graus na escala Richter e não foi só isso: a onda de choque deu 3 voltas na Terra. O nome é uma referência ao Ivã, o Terrível, que governou a Rússia no século 16. A força da Tsar Bomba foi de aproximadamente 50 megatons ( 50 milhões de toneladas de dinamite ou 3.300 bombas de Hiroshima. Enquanto as armas nucleares americanas são capazes de devastar uma cidade, a Tsar seria capaz de fazer com que estados inteiros sumissem do mapa e arrasar com a civilização que conhecemos).

Ela foi liberada por um bombardeiro à 10.500 metros de altura e retardada por um para-quedas para que o bombardeiro tivesse tempo de se afastar e mesmo voando a uma velocidade de 644 quilômetros por hora (a 45 Km de distância), mas não foi o suficiente, ele foi atingido pela onda de choque e caiu 1000 metros. Mesmo explodindo a 4 quilômetros do chão, ela destruiu tudo, o clarão podia ser visto a mil quilômetros e todas as pessoas a cem Km do centro da explosão levariam queimaduras de 3 graus.

Depois do cientista Andrei Sakharov (um dos muitos cientistas que ajudaram a fazer a Tsar) ver a monstruosidade que tinha criado, ele se tornou um ativista anti-armas nucleares, e em 1975, recebeu o Prêmio Nobel da Paz.

Quem inventou o fim de semana?

Esse dia era reservado para o descanso, numa forma de agradecimento ao deus por uma boa colheita. O domingo foi inventado pela religião cristã, esse dia é considerado sagrado, porquê Jesus ressuscitou dos mortos neste dia. Mas dois dias para relaxar é exigência dos operários no século 19, o primeiro a adotar isso foi uma empresa de moer milho em 1908, mas somente em 1940 foi que todas as empresas adotaram o fim de semana.
Quando o Fantástico era o programa de domingo da família brasileira, existia a “síndrome da música do Fantástico”. Ao ouvir a música de abertura do programa as pessoas ficavam deprimidas, pois lembravam que o dia seguinte seria segunda-feira, o dia de voltar ao trabalhoCuriosidades. A segunda-feira continua sendo odiada por muita gente. Para confortar estas pessoas surgiu uma nova religião, conhecida como os “segundista”. Dizem os seus seguidores que o seu deus os proíbe de trabalhar nas segundas-feiras. Como esta religião está conquistando muitos fiéis, é provável que em breve o mundo ocidental estenda o “final semana” de sábado à segunda-feira.

Essa curiosidade veio de: http://luisfelipenascimento.net/?p=1872

quem inventou o fim de semana?

 

Se a humanidade desaparecesse, qual espécie dominaria o mundo?

Se estamos falando de quantidade de indivíduos, os humanos perdem feio: somos superados em número por bactérias, protozoários, insetos e muitos outros. E alguns animais possuem sistema de linguagem, estrutura social e inteligência muito mais sofisticado, deixando em xeque mate a nossa autoproclamada soberania.

Segundo a professora de zoologia do Instituto de biologia da USP, não haveria uma única espécie dominante, cada animal seria soberano em seu habitat, vivendo em equilíbrio com os outros.

Alguns primatas vivem em sociedades complexas, que admitem até níveis hierárquicos. Sem nós, é possível que o potencial mental dos primatas permita que eles comecem a usar ferramentas e tecnologias humanas. Experimentos em laboratório já demonstraram que eles são capazes de fazer operações matemáticas, jogar videogame e de operar celulares.

Árvores conseguiriam romper o asfalto das grandes cidades e tomariam conta de todos os espaços. Embora não se tornassem dominantes, algumas espécies iriam se multiplicar.

Para o diretor de engenharia do Google, são as inteligências artificiais que vão substituir o ser humano. Segundo ele, a rápida evolução tecnológica permitirá que, num determinado momento, a inteligência de uma máquina seja superior a do homem. Tem várias datas previstas para virar realidade, 2019, 2030 e 2045. As teorias do engenheiro também apontam para um cenário em que a convivência entre humanos e máquinas possa ser pacífica. Segundo ele, o futuro reserva possibilidades com uma criação de próteses cerebrais com interfaces computadorizadas.

 

Primeiro Livro Publicado

Se formos falar de um livro como conhecemos ele hoje, a Bíblia, forjada em letras de chumbo e arranjadas manualmente. O alemão Johannes Gutenberg, criadora da inovadora prensa com tipos móveis, trabalhou por cinco anos para publicar a obra em 23 de fevereiro de 1455. Na época, forma produzidas cerca de 200 cópias de 652 páginas, que não foram comercializadas. Hoje em dia, existem 48 exemplares pelo mundo. Mas se dermos outra definição para o termo “publicado”, talvez pudéssemos ter outro candidato a primeiro lugar. O professor de filosofia Jézio Gutierre, executivo da Editora Unesp, lista alguns, como o Livro dos Mortos, escrito no Egito em 2500 a.C, ou mesmo os tabletes cuneiformes sumerianos, que tem mais de 4000 anos.

qual-foi-o-primeiro-livro-publicado

 

É possível de um tiro sair pela culatra?

Não. A origem da expressão “O tiro saiu pela culatra” é incerta, mas pode se referir aos mosquetes do século 18, que eram recarregados pelo mesmo buraco de onde saia o disparo. O processo envolvia depositar primeiro a pólvora depois o projétil. Se, na adrenalina da batalha, a pessoa invertesse a ordem (primeiro projétil e depois a pólvora), o tiro poderia sair “para trás”. Mas, o desenho, o funcionamento das pistolas atuais e o tipo de munição usada impedem isso.

é possível o tiro sair pela culatra?