Ciências Sociais

As ciências sociais são um conjunto de disciplinas científicas que estudam o comportamento humano em seus aspectos sociais e culturais.

As ciências sociais nos ajudam a “limpar a lente” para enxergarmos melhor as diferentes realidades com que convivemos. Elas têm como objeto de estudo tudo o que diz respeito às culturas humanas, sua história, evolução, suas realizações, seus modos de vida, estrutura e funcionamento, características religiosas, relações familiares e seus comportamentos individuais e sociais. Elas ajudam a identificar e compreender os diferentes grupos sociais, contextualizando seus hábitos e costumes na estrutura de valores que rege cada um deles.

Na sociedade contemporânea, busca entender o planejamento das sociedades nos níveis nacional, regional, estadual e municipal. As relações entre as diferentes nações, tanto no aspecto político como no econômico e social, também são foco desses cientistas.

Estudam fenômenos como migrações, conflitos sociais, ocupação do espaço rural e urbano e movimentos políticos. Tais conhecimentos podem ser aplicados na solução de problemas nas áreas de educação, saúde, ambiente, violência, entre outros.

Estes profissionais podem atuar como pesquisadores, professores universitários, professores do ensino básico, críticos, assessores de empresas e em projetos de urbanização.

São também procurados para a elaboração de análises sociais para órgãos públicos, empresas privadas, sindicatos, partidos políticos e organizações não governamentais, podem elaborar projetos de planejamento urbano e de desenvolvimento para uma região. Empresas de pesquisa e agências publicitárias os contratam para realizarem pesquisas de mercado. Políticos também os empregam para prestarem consultoria, com base em entrevistas com eleitores.

Ciência Política

Ciência política é o estudo sistemático da governança pela aplicação de métodos de análise empíricos. Os cientistas políticos podem estudar instituições como corporações, empresas, uniões, sindicatos, igrejas ou outras organizações cujas estruturas e processos de ação se aproximem de um governo, em termos de complexidade e interconexão. A disciplina contemporânea, entretanto, é consideravelmente mais ampla do que isso, abrangendo estudos de todos os fatores sociais, culturais e psicológicos que influenciam mutuamente a operação do governo e do corpo político.

Embora a ciência política se baseie fortemente nas outras ciências sociais, ela se distingue delas por seu foco no poder.

Economia

Na economia eles procuram analisar e descrever a produção, distribuição e consumo da riqueza. O economista é o profissional do desenvolvimento, ele é responsável por criar, administrar e aumentar riquezas. Riquezas, no caso, não significa apenas os bens materiais. Entende-se por riqueza também o desenvolvimento de um país e a qualidade de vida da população.

Como os preços das várias coisas devem estar inter-relacionados, os economistas, portanto, perguntam como esse “sistema de preços” ou “mecanismo de mercado” se mantém e quais as condições necessárias para sua sobrevivência.

Economistas são frequentemente consultados para avaliar os efeitos de medidas governamentais, como tributação, leis de salário mínimo, controles de aluguéis, tarifas, mudanças nas taxas de juros, mudanças nos orçamentos governamentais e assim por diante.

Hoje, dificilmente existe um governo, agência internacional ou grande banco comercial que não tenha sua própria equipe de economistas.

Sociologia

A sociologia estuda as sociedades humanas, suas interações e os processos que as preservam e mudam.

Fazem isso examinando a dinâmica de partes constituintes de sociedades como instituições, comunidades, populações e faixas de gênero, raciais ou etárias. 

O trabalho dos sociólogos ajuda a explicar as causas da pobreza, da criminalidade e de outros problemas sociais. Os dados que eles obtêm são úteis, por exemplo, para as pessoas que escrevem as leis, para empresários e para educadores.

Antropologia Cultural

Os antropólogos analisam muitos aspectos das culturas humanas em diferentes lugares e tempos, como a arte, a língua, a religião, o vestuário, os costumes e a estrutura social. Os antropólogos procuram não avaliar as práticas de uma cultura como sendo positivas ou negativas. Em lugar disso, procuram descobrir o significado das práticas para as pessoas daquela cultura e comparar as práticas de sociedades diversas.

Devido ao grande número de ciências que podem ser incluídas em ciências sociais, nem todas estão explicadas nesse artigo. Outros exemplos são geografia social e econômica, historiografia e psicologia social.

Fontes: https://www.proficiencia.org.br/?page_id=1796

https://www.britannica.com/topic/social-science

https://escola.britannica.com.br/artigo/antropologia/480623

https://www.britannica.com/topic/sociology

https://escola.britannica.com.br/artigo/sociologia/482531

https://www.proficiencia.org.br/?page_id=1802

https://www.britannica.com/topic/economics

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.