Ciência do Amanhã

A ciência avança com mais ciência

O que é o éter?

Clique aqui para ouvir o texto

 Em 1865, o físico escocês James Clerk Maxwell mostrou que a luz é uma onda eletromagnética com componentes elétricos e magnéticos oscilantes. As equações de Maxwell previram que as ondas eletromagnéticas viajariam através do espaço a uma velocidade de quase 300.000.000 metros por segundo.

James Clerk Maxwell
James Clerk Maxwell

O resultado de Maxwell respondeu a perguntas de longa data sobre a luz, mas levantou outra questão fundamental: se a luz é uma onda, qual é o meio de transmissão? Ondas oceânicas e ondas sonoras consistem no movimento de moléculas de água e de gases atmosféricos.

Para a maior parte dos físicos da época, o meio de transmissão era o éter luminífero, uma substância teórica universal. Porém esta substância precisaria ter algumas “propriedades mágicas”: Essa substância deveria permear todo o espaço sem impedir o movimento de planetas e estrelas; no entanto, tinha que ser mais rígido do que o aço para que as ondas de luz pudessem se mover através dela em alta velocidade. Apesar dessa contradição, a ideia do éter parecia correta.

A teoria encontrou dificuldades crescentes à medida que a natureza da luz e a estrutura da matéria se tornaram mais bem compreendidas. Foi seriamente enfraquecida pela experiência de Michelson-Morley (1887), que fez medições extremamente precisas para determinar como o movimento da Terra através do éter afetava a velocidade medida da luz. Na mecânica clássica, o movimento da Terra adicionaria ou subtrairia a velocidade medida da luz, assim como a velocidade de um navio adicionaria ou subtrairia a velocidade das ondas do oceano medidas a partir do navio. Mas o experimento teve um resultado inesperado, pois a velocidade medida da luz permaneceu a mesma, independentemente do movimento da Terra.

Com a formulação da teoria da relatividade especial de Albert Einstein em 1905 e sua aceitação pelos cientistas em geral, a hipótese do éter foi abandonada como sendo desnecessária quando Einstein postulou de que a velocidade da luz, ou qualquer onda eletromagnética, é a mesma em todos os referenciais ; isto é, a velocidade da luz medida é independente do movimento relativo do observador e da fonte de luz.

Albert Einstein
Albert Einstein

Clique no vídeo para ouvir o texto:

Fontes: https://www.britannica.com/science/ether-theoretical-substance

https://www.britannica.com/science/relativity#ref399052

https://www.britannica.com/science/Michelson-Morley-experiment

https://www.britannica.com/science/light/The-Michelson-Morley-experiment#ref929166

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: